Presidente Jair Bolsonaro suspende uso de radares nas rodovias federais

Foi publicado nesta quinta-feira, dia 15 de agosto, no Diário Oficial da União (DOU), que o uso de radares estáticos, móveis e portáteis em rodovias federais será suspenso por determinação do presidente Jair Bolsonaro. O comunicado não disse em qual data a medida entrará em vigor, mas de acordo com uma declaração do presidente, será a partir de segunda-feira, dia 19 de agosto.

O uso ficará suspenso até que o Ministério da Infraestrutura reavalie a regulamentação dos procedimentos que fazem monitoramento de velocidade nas vias públicas. Bolsonaro alegou que os radares são “assaltantes” e que só voltará atrás da decisão se alguém provar que o uso dos mesmos é algo positivo.

“Estamos com o problema na Justiça agora. Vão tirar R$ 1 bilhão para instalar 8 mil pardares [radares]. Com o bilhão, o Tarcísio asfalta 300 km de rodovia”, afirmou Bolsonaro.

A suspensão não se aplicará aos radares fixos, que são instalados em locais de forma permanente, será para os estáticos – instalados em veículos ou em algum suporte; móveis – instalados em veículos em movimento; e portáteis – que são operados por um agente de trânsito manualmente.

Vale lembrar que na segunda-feira, dia 12 de agosto, o presidente Jair Bolsonaro já havia dito que pretendia acabar com os radares móveis no país. Na ocasião afirmou que seria decisão própria e que bastava determinar à Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

 

 Foto: Cesar Ogata / Secom (fotospublicas.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.