Incêndios na Austrália atingem cerca de 8 milhões de hectares

Até o momento os incêndios na Austrália atingiram cerca de 8 milhões de hectares, matando cerca de 1 bilhão de animais e mais de 25 pessoas. A mudança climática na Austrália tem sido drástica e isso causou uma das suas piores crise climáticas dos últimos anos. As chamas transformam o dia em noite, e estão atingindo mais países.

Os primeiros focos de incêndio começaram em setembro de 2019, e a falta de chuva ajudou a alastrar o fogo que ficou incontrolável. Atualmente as chamas ocupam um espaço superior ao território da Áustria.

Segundo o governo australiano, aproximadamente 24 mil pessoas foram afetadas pelas queimadas, já que parte do país está sem sinal de telefonia móvel e sem eletricidade funcionando. Cerca de 1.200 casas foram destruídas e 375 milhões de dólares foram perdidos, o que equivale a mais de R$ 1 bilhão.

Um zoológico americano alega ter realizado mais de 90 mil atendimentos a animais afetados no incêndio. Os coalas, que foram vistos resgatados em vídeos compartilhados no Brasil, sofreram uma perda de aproximadamente um terço da espécie.

Diversas celebridades estão realizando doações para o país como Selena Gomez, Nicole Kidman, Pink e Ashleigh Barty. O primeiro-ministro do país, Scott Morrison, anunciou que será criado um fundo com cerca de 2 bilhões de dólares, o que equivale a aproximadamente R$ 5,6 bilhões, destinado a recuperação das áreas atingidas.

Até agora a fumaça da Austrália atingiu a Argentina, a várzea do Rio Atuel e, na última terça-feira, dia 7 de janeiro, pôde ser vista no Rio Grande do Sul, no Brasil, conforme imagens de satélite divulgadas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

 

 

Foto: Divulgação/Saeed Khan (AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.