Carolina Lemes

Jornalista por formação (FAAT-2010), atuou em jornalismo radiofônico até 2013, quando passou a fazer parte da equipe da Gazeta da Cidade.

Dia de Reis encerra o período natalino

Os Três Reis Magos são lembrados entre o fim e começo do ano porque foram os primeiros a visitar Jesus Cristo logo após seu nascimento, de acordo com a tradição da religião cristã. Os Três Reis Magos, Reis Magos ou simplesmente Magos estão presentes nos presépios montados com peças em referência ao momento do nascimento de Jesus. Com o Menino Jesus na manjedoura ao centro, o presépio apresenta o local e os personagens bíblicos que participaram deste importante momento. No Brasil, na América Latina e em diversos países da Europa, o Dia de Reis (que remete à visita dos Magos) é celebrado em 6 de janeiro – na próxima segunda-feira. Os brasileiros, inclusive, comemoram a data com festas do nosso folclore. Já a noite do dia 5 de janeiro – domingo – e a madrugada do dia 6 do mesmo mês são conhecidas como Noite de Reis.

Os Reis Magos foram mencionados somente no Evangelho segundo Mateus, onde se afirma que teriam vindo do Leste para adorar o Cristo, nascido Rei dos Judeus. Segundo o apóstolo, eles vieram do Oriente, conduzidos por uma linda e brilhante estrela, e chegaram à cidade de Belém, local de nascimento do Menino Jesus, trazendo presentes: mirra, ouro e incenso. Estes presentes possuíam um sentido simbólico, sendo que o ouro representava a realeza, a mirra simbolizava a pureza e o incenso, a fé.

No entanto, Mateus não diz quantos Reis Magos havia nem mesmo o nome deles. Sabe-se apenas que eram mais do que um, pois ele faz a citação no plural, e como três presentes foram registrados, diz-se tradicionalmente que eram três.

Os personagens são envoltos por mistério, pois também não há menção do nome dos Três Reis Magos. Porém, os nomes Melquior, Baltazar e Gaspar foram estabelecidos por volta do final do século VIII pela Igreja Católica Romana. “Gaspar” significa aquele que vai inspecionar; “Melchior” quer dizer: Meu Rei é luz; e “Baltasar”se traduz por: Deus manifesta o Rei.

Estas figuras constantes em relatos do nascimento de Jesus poderiam nem ser necessariamente três e talvez fossem sacerdotes da religião zoroástrica da Pérsia ou conselheiros, pois, no contexto bíblico, a palavra mago não significa bruxo ou feiticeiro, mas estabelece o sentido de sacerdote ou sábio; dizia respeito a quem possuía poderes e dons divinos. E se fossem astrólogos ou astrônomos? Já que, segundo consta no Evangelho de Mateus, eles viram uma estrela e foram até o local em que Jesus nasceu.

A estrela, conta o Evangelho, os precedia e parou por sobre onde estava o menino Jesus. “E vendo a estrela, alegraram-se eles com grande e intenso júbilo” – (Mateus 2:10). Aquela estrela que colocamos no topo das árvores de Natal representa exatamente a estrela que conduziu os Reis Magos para o local do nascimento de Jesus Cristo.

“Entrando na casa, viram o menino, com Maria sua mãe. Prostando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra. Sendo por divina advertência prevenidos em sonho a não voltarem à presença de Herodes, regressaram por outro caminho a sua terra” – (Mateus 2:11-12).

Em 6 de janeiro também é tradicionalmente o dia de desmontar a árvore de Natal, tirar guirlandas, luzes, presépio, enfim, toda a decoração natalina, exatamente devido ao Dia de Reis, quando o menino Jesus foi encontrado e revelado a todas as nações, colocando fim ao período natalino.

Ano de 2019 vai se despedindo…

Chegamos a mais um fim de ciclo. O ano reuniu grandes acontecimentos, bons e ruins, tragédias, marcos. Para 2020 já podemos prospectar uma intensa corrida eleitoral em todo o Brasil, com as Eleições Municipais. No entanto, 2019 ainda é o destaque principal, então, voltemos a ele. Vamos a uma breve retrospectiva nacional!

Posse do presidente da República

A posse de Jair Messias Bolsonaro como o 38º presidente do Brasil, para o mandato de 2019 a 2022, ocorreu no dia 1º de janeiro de 2019, no Congresso Nacional, onde ocorreu o juramento constitucional e a assinatura do termo de posse.

Tragédia em Brumadinho

Uma barragem pertencente à mineradora Vale rompeu-se no dia 25 de janeiro de 2019, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). Uma onda de lama (aproximadamente 11,7 milhões de metros cúbicos de rejeitos de mineração) invadiu e destruiu casas e vegetações, matando animais e 257 pessoas – cerca de 13 pessoas continuam desaparecidas até hoje.

Brumadinho MG 28 01 2019-Tragedia na cidade de Brumadinho em Minas Gerais bombeiros trabalham na localização de vitimas.Foto Ricardo Stuckert

Copa do Mundo de Futebol Feminino

Pela primeira vez na história do Brasil, a Copa do Mundo de Futebol Feminino teve destaque no país. Após sete edições da competição, os jogos da seleção feminina finalmente foram todos televisionados em canal aberto. O Mundial ocorreu entre junho e julho, na França, time pelo qual a seleção brasileira foi eliminada, nas oitavas de final.

Brasil x Austrália – Copa do Mundo Feminina 2019
Foto:CBF

Lula deixa a prisão

Após 580 dias preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR), em 8 de novembro de 2019.

 

 

Fotos: Ricardo Stuckert e CBF (fotospublicas.com)

Enfeite a sua árvore de Natal com guirlandas de gratidão!

Fim de ano é época de espalhar amor, compreensão, amizade e gratidão, coisa que deveríamos fazer durante todos os 365 dias de cada ano ou sempre que possível, sem esperar o ano quase acabar para ficarmos mais sensíveis e, então, agirmos. Mas já que estamos neste período, vamos, sim, ressaltar o espírito de Natal.

Na antiguidade, o Natal era celebrado em várias ocasiões diferentes, pois ainda não havia a certeza da data do nascimento de Cristo. No século IV, o dia 25 de dezembro foi definido como o oficial para a comemoração, apesar de estudiosos afirmarem que Jesus não nasceu neste dia. A Bíblia não especifica a data de nascimento de Cristo, porém as autoridades cristãs fizeram a escolha da celebração, que depois foi reconhecida pelo papa Julius I.

Com o processo de expansão e regulamentação das tradições do Cristianismo, o feriado natalino ganhou força e se tornou uma das principais datas a serem celebradas pelos cristãos do mundo inteiro.

Você sabia que, apesar de ser um dia considerado cristão, o Natal também é comemorado por pessoas que não são cristãs? Pois é, e alguns de seus costumes populares e temas comemorativos têm origens pré-cristãs ou seculares. Na Roma Antiga, o dia 25 de dezembro era a data em que os habitantes celebravam o início do inverno. Então, acredita-se que haja uma relação deste fato com a oficialização da comemoração do Natal.

Desejamos a vocês e a todos que tocam os seus corações um Natal abençoado, repleto de sentimentos bonitos e de paz. E que 2020 traga muita alegria e realizações!

 

Poesia de Natal

 

Enfeite a árvore de sua vida

com guirlandas de gratidão!

Coloque no coração laços de cetim rosa,

amarelo, azul, carmim,

Decore seu olhar com luzes brilhantes

estendendo as cores em seu semblante

 

Em sua lista de presentes

em cada caixinha embrulhe

um pedacinho de amor,

carinho,

ternura,

reconciliação,

perdão!

 

Tem presente de montão

no estoque do nosso coração

e não custa um tostão!

A hora é agora!

Enfeite seu interior!

Sejas diferente!

Sejas reluzente!

 

(Poema atribuído à Cora Coralina, porém sem confirmação de autoria)

#DezembroLaranja #SinaisdoCancerdePele

Estamos no Dezembro Laranja, que alerta para a prevenção e combate ao câncer de pele; um movimento que dá continuidade à conscientização sobre a doença, após as campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, que mobilizaram sobre o câncer de mama e de colo do útero, e da próstata, respectivamente.

Com a proximidade do verão, que começa no dia 22 de dezembro, o Dezembro Laranja busca alertar para os perigos da exposição ao sol sem controle nem proteção. A campanha é uma ação promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) desde 2014. De acordo com a entidade, o câncer da pele apresenta altas taxas de cura quando detectado precocemente – os sintomas são manchas e pintas, além da demora na cicatrização. “Quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura”.

Todo ano o tema da campanha é renovado para atrair um maior número de pessoas. Em 2019, além de conscientizar a população sobre a prevenção desde a infância, a iniciativa tem como objetivo principal alertar sobre os sinais do câncer na pele. Desta vez, a jornalista Glenda Kozlowski é a embaixadora da campanha. Em edições anteriores, estiveram à frente da ação nomes como Ana Furtado, Ricardo Boechat e Daniella Sarahyba.

“Temos um problema de saúde pública e a SBD transformou esse problema numa ampla campanha de combate ao câncer da pele por meio do Dezembro Laranja”, explicou o presidente da instituição, Dr. Sergio Palma. “Reduzir as estatísticas de incidência de câncer da pele é uma meta alcançável e a Sociedade Brasileira de Dermatologia está comprometida em diminuir a ocorrência e a mortalidade”, completou.

Para a Sociedade Brasileira de Dermatologia, os casos de câncer de pele, pelo menos em sua maioria, podem ser evitados com medidas (fotoprotetoras) simples e conhecidas, mas que não são colocadas em prática pelas pessoas, como, por exemplo, o uso do filtro solar, chapéu e óculos de sol com proteção UV; o cuidado com o excesso de exposição ao sol; evitar os horários de maior incidência solar (das 10h00 às 16h00).

No site www.dezembrolaranja.com.br tem muita informação sobre a doença e dicas de medidas fotoprotetoras. Há diversas formas de divulgar a campanha. Use as hashtags #DezembroLaranja e #SinaisdoCancerdePele nas redes sociais ou customize a sua foto do perfil, por exemplo. Assim como em outros movimentos de alerta para o câncer, monumentos e pontos turísticos nacionais serão iluminados com a cor símbolo da campanha.

Dezembro Vermelho

Em 1º de dezembro (domingo) comemora-se o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, criado por meio da Assembleia Mundial de Saúde, em 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU). A data serve para reforçar a compreensão e a solidariedade com as pessoas infectadas pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), além de incentivar mobilizações para prevenção da doença, levar esperança para os pacientes e diminuir a discriminação. No Brasil, a data passou a ser adotada a partir de 1988, através de uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde (MS).

O laço vermelho é o símbolo da luta contra a Aids e foi escolhido devido a sua ligação ao sangue e à ideia de paixão, sendo inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos na Guerra do Golfo. Foi usado publicamente, pela primeira vez, pelo ator Jeremy Irons, durante cerimônia de entrega do prêmio Tony Awards, em 1991.

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) é uma doença provocada pelo vírus HIV, que ataca o sistema imunológico da pessoa, provocando uma alteração no mecanismo de defesa do corpo e ocasionando o surgimento de doenças.

É importante ressaltar que nem sempre uma pessoa portadora do vírus HIV está com Aids. Os médicos costumam dizer que o paciente está com a doença somente quando os sintomas aparecem.

Os soropositivos podem viver diversos anos sem desenvolver nenhum sintoma da doença, mas podem transmitir o vírus através de relações sexuais desprotegidas, contato com sangue contaminado pela transfusão, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e amamentação.

Os primeiros sintomas da Aids são muito parecidos com os de uma gripe, como febre e mal-estar. Depois aparecem os sintomas mais comuns: febre, diarreia, suores noturnos e emagrecimento. Quem chega ao estágio mais avançado da doença, por não saber que está doente ou não seguir o tratamento indicado, pode sofrer de hepatites virais, tuberculose, pneumonia, toxoplasmose e alguns tipos de câncer.

Atualmente, existem os medicamentos antirretrovirais – coquetéis antiaids que aumentam a sobrevida dos pacientes. Mesmo em tratamento, o portador da doença pode levar uma vida normal, sem abandonar sua vida afetiva e social. Lembrando que o tratamento está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) e é um direito de todos.

Campanha Dezembro Vermelho em Extrema

A Campanha Dezembro Vermelho, cujo objetivo é a prevenção contra todas Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), principalmente HIV/Aids, acontecerá de entre 1º e 31 de dezembro, de segunda a sexta-feira, em todas as Unidades de Saúde e Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Extrema.

As ações previstas incluem orientações e testes rápidos para detecção de IST, além de palestras sobre a importância do uso de camisinha. Mais informações pelo telefone (35) 3435-2849.

Estatísticas

Desde janeiro até o momento, foram identificados nove novos casos de HIV em Extrema.

De acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), de 2007 até junho de 2018, foram notificados 247.795 casos de infecção pelo HIV no Brasil, sendo 117.415 (47,4%) na região Sudeste e 17.494 (7,1%) na região Centro-Oeste.

Gazeta da Cidade © 2014 | Todos os direitos reservados